Energia e Meio Ambiente

Compostos orgânicos voláteis que levam à poluição do ar interno

Compostos orgânicos voláteis que levam à poluição do ar interno



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

No ar ao seu redor estão poluentes e produtos químicos que podem causar danos ao seu corpo com o tempo. Alguns desses poluentes são chamados de compostos orgânicos voláteis ou VOCs.

Os compostos orgânicos voláteis são alguns dos poluentes atmosféricos internos e externos mais comuns que você encontra diariamente. Na maioria dos casos, você provavelmente não terá a menor ideia de que os está respirando, nem provavelmente compreenderá o quão potencialmente nocivos eles podem ser com o tempo.

VOCs podem ser encontrados em seu carro novo, vindo do sofá novo que você acabou de comprar, até mesmo o purificador de ar que você acabou de borrifar depois de um tempo demais no banheiro. Para entender o perigo potencial e a importância de reconhecer os VOCs em sua vida diária, vamos primeiro compreender o que são exatamente os compostos orgânicos voláteis.

O que são VOCs?

VOCs são compostos que possuem altas pressões de vapor e baixa solubilidade em água. Geralmente são subprodutos da fabricação ou mesmo criações intencionais usadas para servir a propósitos como retardadores de fogo. A maior fonte única de compostos orgânicos voláteis que você verá nos produtos ao seu redor provavelmente serão cigarros, tintas, refrigerantes, produtos farmacêuticos ou produtos quimicamente fabricados semelhantes.

Esses compostos se transformam em gases após a vaporização de diferentes sólidos ou líquidos devido à alta pressão de vapor ou à relativa facilidade de mudança de estado de um líquido ou sólido para um gás em temperatura ambiente. Em pequenas doses ou mesmo em altas doses concentradas, os COVs geralmente podem não produzir efeitos colaterais, embora a exposição a curto prazo possa causar tonturas, dores de cabeça, problemas de memória e outros problemas.

Questões mais sérias surgem, entretanto, quando chega a hora de jogar. Pequenas doses de VOCs ao longo do tempo, digamos, de viver em uma casa com qualidade do ar interior insegura, ou altas doses de VOCs em um curto período de tempo, como trabalhar como pintor e não usar uma máscara, podem produzir respostas biológicas devastadoras em humanos, incluindo câncer e outros tipos de danos aos rins, fígado e sistema nervoso central.

Olhando para a palavra do meio em COV, orgânico, podemos entender que esses compostos são mais especificamente aqueles que contêm átomos de carbono covalentemente ligados a outras moléculas como hidrogênio, oxigênio ou nitrogênio. Enquanto um não químico pode associar "orgânico" com natural, e geralmente com coisas positivas, na verdade significa um composto que contém carbono. E a beleza da química é que apenas algumas ligações moleculares podem fazer toda a diferença.

RELACIONADOS: COMPREENDENDO COMO A POLUIÇÃO DO AR NÃO VISTA O PREJUDICA APENAS PELA RESPIRAÇÃO

A EPA descobriu que existem mais de uma dúzia de COVs comuns com concentração de 2 a 5 vezes maior dentro de nossas casas, em comparação com o exterior. Isso acontecia independentemente da proximidade da casa com instalações de manufatura ou industriais.

Isso ressalta como algumas das coisas mais comuns que criam VOCs são produtos e objetos que mantemos regularmente em nossas casas. Isso também ressalta a necessidade de ventilação adequada nas residências e da remoção desses tipos de poluentes.

De onde vêm os VOCs?

Fizemos alusão à origem dos VOCs em um pequeno grau, mas torna-se importante adotar uma abordagem mais sistemática para listar produtos e materiais com alto teor de VOC, a fim de compreender totalmente o escopo da poluição do ar por VOC.

Esta é uma lista de algumas das fontes de VOC mais comuns:

  • Sprays de aerossol
  • Cigarros e fumo passivo
  • Tintas
  • Roupa lavada a seco
  • Novos móveis, estofados e produtos
  • Conservantes de madeira, como em madeira tratada
  • Desinfetantes
  • Repelentes de traça
  • Desodorisadores
  • Combustível
  • Colas
  • Pesticidas
  • Materiais de construção
  • Tecidos artificiais e sintéticos
  • Marcadores e tintas
  • Equipamento de escritório

Olhando para essa lista, você provavelmente está começando a pensar que os VOCs são praticamente inevitáveis. Você está essencialmente certo.

Embora você não possa evitar os compostos orgânicos voláteis em sua totalidade, pode limitar sua exposição e dosagem. Essas são as coisas que realmente importam quando se trata de poluentes atmosféricos. Uma casa bem ventilada terá níveis mais baixos de VOCs e uma chance menor de sofrer efeitos adversos à saúde ao longo do tempo.

Uma casa mal ventilada pode permitir que VOCs se acumulem no ar interno e poluem lentamente os ocupantes que vivem lá dentro.

Quais são os efeitos negativos dos VOCs para a saúde?

Se você chegou até aqui, provavelmente está ficando um pouco preocupado por ter sido exposto a produtos químicos perigosos e pode ter câncer por eles. Embora possa ser o caso, é importante manter a calma.

A poluição do ar pode ter causas naturais, mas a maioria dos VOCs foi fabricada. E embora não possamos escapar totalmente da poluição do ar, podemos controlar alguns de seus efeitos.

Antes de irmos tão longe, no entanto, primeiro, vamos revisar alguns dos efeitos negativos à saúde que os VOCs podem causar quando respirados ou absorvidos pela pele.

  • Irritação respiratória
  • Dores de cabeça
  • Alergias
  • Danos ao fígado
  • Danos no sistema nervoso
  • Reação alérgica cutânea
  • Náusea
  • Câncer
  • Tontura
  • Asma e outras dificuldades respiratórias

Esses são apenas alguns dos efeitos colaterais. Os efeitos reais sentidos variam de acordo com a substância química a que você foi exposto, a quanto e por quanto tempo você foi exposto a ela.

RELACIONADO: ACONTECEU QUE O 'CHEIRO DE CARRO NOVO' É NA VERDADE UM COCKTAIL DE CARCINÓGENOS

Cada produto químico tem um nível diferente de toxicidade, referindo-se à quantidade de exposição que é perigosa. Um VOC pode exigir muita exposição antes de começar a causar efeitos colaterais perceptíveis, enquanto outro pode ter efeitos quase instantâneos.

Cada pessoa também reage de maneira diferente. Como mencionamos, porém, o nível e a duração da exposição são fundamentais. Se você derramar alguns produtos químicos produtores de COV em si mesmo uma vez na vida, poderá sentir efeitos colaterais, mas eles provavelmente não durarão muito. Isso porque, mais uma vez, o nível e a duração da exposição podem ser a chave para a compreensão da toxicidade dos VOCs.

Como você pode se proteger?

Depois de toda essa linguagem assustadora, torna-se importante entender como podemos nos proteger ao longo de nossa vida diária. Uma vez que este é, em última análise, um problema de limitar a exposição em vez de erradicá-la completamente, o que é necessário é permanecer atento à nossa exposição ao longo do tempo. Para se proteger da exposição a compostos orgânicos voláteis, você pode:

  • Aumente a ventilação em sua casa ou espaço de trabalho
  • Preste atenção aos rótulos de advertência e tente exceder suas diretrizes de advertência
  • Remova a fonte de poluentes, se você puder restringi-los
  • Deixe novos produtos fora do gás em um espaço bem ventilado
  • Reduza o uso de pesticidas em ambientes fechados
  • Não fume e fique longe do fumo passivo

Para a maioria dos produtos químicos domésticos, eles terão rótulos que deixam muito claro o quão perigosos eles são. Seguir suas instruções é um bom primeiro passo. Os VOCs mais difíceis de evitar são aqueles que vêm de materiais de construção e produtos que compramos. Se você comprar um móvel novo, geralmente é uma boa prática abri-lo e deixá-lo arejar em uma área aberta.

Isso permite que muitos dos compostos orgânicos voláteis evaporem do produto para que você não entre em contato com eles.

O armazenamento adequado de produtos químicos também é uma medida de segurança importante quando se trata de mitigar os perigos dos VOCs em sua vida. Produtos químicos armazenados incorretamente, ou mesmo grandes quantidades de produtos químicos armazenados corretamente, podem liberar gases compostos orgânicos voláteis no ar em grandes quantidades.

Um dos COVs mais comuns e perigosos é o benzeno, encontrado em solventes, tintas, emissões e fumaça de tabaco. O benzeno é cancerígeno e é um dos principais compostos orgânicos voláteis que causam câncer em humanos.

RELACIONADO: A POLUIÇÃO DO AR PODE CAUSAR DEFEITOS DE NASCIMENTO E MORTE FETAL DE ACORDO COM NOVO ESTUDO

Você costuma lavar suas roupas a seco? O percloroetileno é um dos produtos químicos mais comuns para limpeza a seco e também provou causar câncer. Este VOC pode se acumular em casas ou espaços onde a lavagem a seco é comum ou frequente e deve ser evitado.

Como VOCs realmente prejudicam você

A pesquisa sobre a mecânica biológica da exposição a VOC pode ser difícil. Isso se deve ao fato de que os VOCs normalmente só causam danos por longos períodos de tempo, o que pode ser difícil para os pesquisadores rastrearem.

Existem também dificuldades analíticas na medição das concentrações reais do ar ambiente e na avaliação da exposição pessoal, bem como devido ao pouco conhecimento sobre a toxicidade de como vários compostos interagem. Isso significa que pode ser difícil determinar os efeitos exatos dos VOCs sobre a saúde.

Além das limitações dos estudos epidemiológicos, também faltam informações moleculares básicas sobre como os VOCs causam danos. Isso se deve em parte à necessidade de gerar uma atmosfera estável continuamente por um período mais longo e à falta de conhecimento sobre como os genes e outros mecanismos de resposta atuam em concentrações subletais. No entanto, os pesquisadores podem rastrear o efeito dos VOCs nas células e, a partir disso, inferir algumas das maneiras pelas quais a exposição aos VOCs está causando efeitos negativos.

Em uma nota mais técnica, os COVs causam danos ao interferir no metabolismo celular, causando respostas inflamatórias e afetando a expressão genética de várias maneiras.

É por isso que é importante gerenciar e estar ciente de sua exposição a VOC, a fim de reduzir o risco de efeitos colaterais adversos que podem se apresentar com o tempo. O gerenciamento adequado é a chave para garantir uma alta probabilidade de saúde no futuro.


Assista o vídeo: Sistema de Filtragem de Ar 19266 e 19233 (Agosto 2022).