Espaço

Hubble lança mais luz sobre o halo da vizinha Galáxia de Andrômeda

Hubble lança mais luz sobre o halo da vizinha Galáxia de Andrômeda



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Graças ao Telescópio Espacial Hubble, novas observações do halo galáctico de Andrômeda foram descobertas e são enormes.

O telescópio foi capaz de observar nossa galáxia vizinha, Andrômeda ou M31, usando diferentes quasares para mapear seu halo galáctico. Localizada a cerca de 2,5 milhões de anos-luz de distância, Andrômeda é a galáxia mais próxima da nossa, a Via Láctea, e por isso pode ser observada em detalhes.

Os resultados foram publicados em the Astrophysical Journal na quinta feira.

VEJA TAMBÉM: NOSSO "CANIBALISTICO" VIZINHO ANDROMEDA PODERIA COMER LEITE, DIZEM OS CIENTISTAS

Informações inovadoras

"Isso é inovador para capturar a complexidade de um halo de galáxia além de nossa Via Láctea", disse Nicolas Lehner em um comunicado da NASA, que é astrofísico da Universidade de Notre Dame em Indiana.

"Este é realmente um experimento único porque apenas com Andrômeda temos informações sobre seu halo ao longo não apenas de uma ou duas linhas de visão, mas de mais de 40."

Essas linhas de visão são buracos negros ativos no coração da galáxia, chamados quasares. Eles ajudam os cientistas a estudar como os gases no halo absorvem luz, que ilumina o próprio halo galáctico.

Para fazer isso, o telescópio Hubble apontou seu foco para estes 43 quasarespassou por Andrômeda, que mapeou o que estava no halo. Ao compreender o que existe neste halo galáctico, os cientistas acreditam que isso os ajudará a compreender melhor o halo de nossa própria galáxia, que é difícil de estudar dentro da mesma galáxia.

Ao observar o halo de Andrômeda, os pesquisadores descobriram que o halo se estendia muito mais longe do que eles imaginavam: um enorme 1,3 milhão de anos-luz de distância da galáxia. Chega até 2 milhões de anos-luz de distância em certos pontos.

A equipe também descobriu mais informações sobre a estrutura do halo, que acabou sendo muito mais complexa do que eles pensavam.

Lehner explicou: "Descobrimos que a camada interna que se estende por cerca de meio milhão de anos-luz é muito mais complexa e dinâmica. A camada externa é mais lisa e mais quente."

A equipe foi capaz de descobrir tudo isso graças aos recursos de luz ultravioleta do Hubble.


Assista o vídeo: QUANDO ANDRÔMEDA E A VIA LÁCTEA IRÃO COLIDIR? SPACE TODAY TV (Agosto 2022).